Massa atômica

A massa atômica do átomo é expressa em u. Indica quantas vezes a massa do átomo é maior que 1/12 da massa do átomo de carbono (A =12).

Quando medimos uma grandeza, comparamos com outra como referência. Para medir a massa do nosso corpo utilizamos o quilograma (kg) como unidade padrão. Se a pessoa tem massa igual a 80kg significa que a sua massa é 80 vezes maior que a massa de 1 kg.

A Química, na prática, não se interessa em saber a massa de um átomo isolado, mas para a ciência, é importante saber a massa dos átomos comparados com a massa de outro átomo tomado como padrão. O carbono então foi o elemento que tem sua massa padronizada (A =12).

A massa de um átomo é expressa empregando uma unidade muito pequena chamada unidade de massa atômica (u). Antigamente, usava-se a sigla u.m.a para esta unidade.

Uma unidade de massa atômica (u) é 1/12 da massa de um átomo de carbono (A=12). Isso equivale estabelecer o valor 12u como sendo a massa de um átomo de carbono (A=12).

Massa Atômica é a massa do átomo expressa em u. Quando se afirma que a massa de um elemento X é igual a 24u, significa que a sua massa é 24 vezes maior que a massa de 1/12 do átomo do carbono (A=12). Em outras palavras, a massa atômica do elemento X é duas vezes a massa atômica do carbono.

Observe a tabela com alguns elementos químicos e seus números atômicos e massas atômicas.

ELEMENTO

SÍMBOLO

NÚMERO ATÔMICO

MASSA ATÔMICA

ENXOFRE

S

16

32,06

OXIGÊNIO

O

8

16,00

SÓDIO

Na

11

23,00

ALUMÍNIO

Al

13

26,98154

CÁLCIO

Ca

20

40,08

HÉLIO

He

2

4,00260

IODO

I

53

126,9045

COBRE

Cu

29

63,55

Massa atômica e seus isótopos

O número atômico e o número de massa sempre são números inteiros, mas com a massa atômica isso não acontece.

A massa atômica de um elemento químico é baseada na média ponderada das massas de seus isótopos em unidades de massa atômica (u). Isto quer dizer que há vários isótopos na natureza e é feito um cálculo, uma média ponderada, que leva em consideração as abundâncias relativas desses isótopos, para ser usado como a massa atômica.

Então, a massa atômica é uma média dos diversos isótopos que existem na natureza, sendo levada em consideração a sua quantidade existente. Exemplo:

Na natureza há dois tipos de cobre (com massas diferentes).
69,09% de cobre (A=63), com massa atômica = 62,93u
30,91% de cobre (A=65), com massa atômica = 64,93u

Qual massa destes cobres é tida como referência e colocada na tabela periódica? Devemos fazer a média ponderada destes isótopos:

  

Como referenciar: "Massa atômica" em SóQ. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 21/07/2018 às 12:33. Disponível na Internet em http://soq.com.br/conteudos/ef/introducaoconstituicao/p3.php