Preservando ambientes

Para manter o meio ambiente, é necessária a adoção de programas de defesa. O governo do Brasil e instituições privadas nacionais e internacionais adotaram alguns destes programas para defender a natureza. São eles:

- criação de áreas para proteção e preservação da fauna e flora;
- tratamento de esgotos de indústrias para diminuir a poluição em rios e mares;
- filtração dos poluentes da atmosfera;
- substituição do gás CFC por outros gases menos poluentes.

Para proteger as muitas áreas naturais, o governo criou várias unidades de conservação, tais como os parques nacionais, as reservas biológicas, as estações ecológicas e as florestas nacionais.

Os parques nacionais, onde a natureza praticamente não foi alterada pelo homem, estão abertos para visitação pública. Alguns exemplos de parques nacionais são:

- Parque Nacional da Amazônia (PA);
- Parque Nacional de Brasília (DF);
- Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (PE).

As reservas biológicas são áreas onde o governo garante a proteção e manutenção de florestas e outras formações vegetais. Serve também para realização de pesquisas científicas. São exemplos de reservas biológicas:

- Reserva Biológica do Atol das Rocas (RN);
- Reserva Biológica de Serra Negra (PE);
- Reserva Biológica do Poço das Antas (RJ).

As estações ecológicas podem ter apenas 10% da sua extensão modificada. E somente para experimentos científicos. São exemplos:

- Estação Ecológica do Taim (RS);
- Estação Ecológica do Jarí (PA);
- Estação Ecológica da Juréia (SP).

As florestas nacionais são áreas de grandes recursos vegetais que podem ser explorados por empresas particulares, mas há algumas restrições, alguns limites impostos. Estes limites são decididos pelo governo. São exemplos:

- Floresta Nacional de Passo Fundo (RS);
- Floresta Nacional de Ibirama (SC);
- Floresta Nacional de Passa-Quatro (MG).

  

Como referenciar: "Preservando ambientes" em SóQ. Virtuous Tecnologia da Informação, 2008-2018. Consultado em 21/07/2018 às 12:30. Disponível na Internet em http://soq.com.br/conteudos/ef/meioambiente/p2.php